ícaro Machado
ícaro Machado

Redator Publicitário

Instagram não é mais um APP de fotos

O comércio criativo se apropriou da rede social considerada uma das mais influentes no mundo, e redesenhou suas funcionalidades. Desenvolvedores foram obrigados a demudar códigos e a plataforma sofreu alterações em comandos e interface. A briga com o “app vizinho” está cada vez mais acirrada.

O Instagram nasceu em meados de 2010. Numa proposta de imersão em uma comunicação totalmente visual, a rede social servia exclusivamente para o compartilhamento de imagem. Ao criar uma conta, os usuários alimentariam uma espécie de “álbum de fotografias virtual”. Rápido, a rede social se tornou um dos aplicativos mais promissores da App Store. Cerca de um ano depois, o Instagram chegou aos seus dez milhões de usuários. Todo mundo produzia imagens de si para se divulgar: nasceu o influencer.

Os altos números alcançados em um curto tempo chamaram a atenção de investidores. Em 2012, o Facebook adquiriu a empresa pelo valor histórico de US$ 1 bilhão em dinheiro e ações. Foi, então, que a rede social começou o seu processo de integração com outros produtos da empresa de Mark Zuckerberg (Facebook e WhatsApp). Estava instaurada a maior rede de concentração da moeda mais importante da atualidade: dados.

Hoje, a rede social permite o compartilhamento de fotos e vídeos, bem como a integração com outros aplicativos. Entre as suas funcionalidades, estão a aplicação de filtros, músicas e gifs nos stories, além das gravações e transmissões de vídeos ao vivo, as famosas lives. A plataforma digital transforma anônimos em famosos da noite para o dia, além de monetizar personalidades e ideologias. É um grande comércio digital do eu. Se você não está lá, você não existe.

Trabalho, educação, cotidiano e até paquera, a rede une o mundo numa tela para deslize. Essa potência transformou o Instagram em um dos principais palcos de publicidade para empresas de todo o mundo. É a globalização digital. E, para bater de frente com o seu maior competidor comercial e econômico, o chinês TikTok, a plataforma americana investiu na atualização do formato de seus conteúdos e lançou o Reels, vídeos curtos e conteúdo fácil de nichar. Os grandes brigam pelos nossos dados enquanto a sociedade segue gerando conteúdo e engajamento.

Neste mês, o chefe do Instagram, Adam Mosseri, anunciou mudanças na plataforma por meio da sua conta pessoal do Twitter. Em um vídeo, Mosseri afirmou que o Instagram “não é mais um aplicativo de compartilhamento de fotos”, e que pretende se dedicar mais a ideias voltadas ao entretenimento e conteúdo de vídeo.

 

OnlyFans: Instagram pode lançar versão de stories exclusivos e pagos

 

De acordo com Mosseri, a mudança se deu principalmente pelo sucesso estrondoso de concorrentes como TikTok e YouTube. Em seu anúncio, ele também comentou sobre alguns testes e novas funcionalidades, como recomendações de tópicos e mais imersão na experiência de vídeos em tela cheia.

Segundo Mosseri, os usuários poderão começar a experimentar as novidades do Instagram “ao longo dos próximos meses”. Além disso, o executivo prometeu que a plataforma será mais aberta em relação às mudanças que serão implementadas daqui para frente, mostrando as possíveis novidades que serão usadas para competir com as demais redes sociais.

A era de reprodução e compartilhamento digital segue firme e inabalável. Empresas e instituições do setor público e privado se veem obrigadas a conquistar o seu “lugar ao sol” na nova era. A procura por profissionais com expertises em marketing triplicou, principalmente durante este período de pandemia, onde tudo está sendo comercializado pela plataforma: o boom do e-commerce. E não se pode fugir do fenômeno. Afinal, é cringe demais não estar logado no futuro. Quem não desliza nas redes, morre empancado no passado.

 

 

Ícaro Machado – Jornalista, Redator Publicitário da Agência Nove Dois

COMPARTILHE

“Full Service”: A Nove Dois recebe Certificado de Qualificação Técnica do CENP

Todos os clientes, parceiros e o time roxo que faz a Nove Dois podem ser orgulhar! No último mês, a agência recebeu o Certificado de Qualificação Técnica do Conselho Executivo de Normas-Padrão, CENP. O documento chancela a AND como como “Full Service”, com expertise e capaz de gerenciar todas as estratégias de publicidade, marketing e comunicação dos seus clientes.

Leia mais

“Recebeu aí?”: 3 dicas para colocar em prática antes de mandar um release

Celular vibrou! Tem pauta nova chegando e pedido de release para disparo na imprensa. O assunto precisa repercutir. Vai lá, abre o Word, escreve o texto, muda algo, revisa, corrige, lê de novo – dessa vez em voz alta -, aprova e envia e-mail pra aquele mailing de lei. Pronto. Tá feito! Mas fala aí… Você acha que é só isso mesmo? Não, hein?! É o seguinte. A gente preparou 3 passos rápidos e importantes para seguir antes de enviar qualquer release. Vem com a gente!

Leia mais

Inscreva-se e receba todas as novidades da Agência Nove Dois

Receba as atualizações e aprenda com o nosso time

Increva-se em nossa lista de transmissão e fique ligado em todas as novidades.

Copyright 2022 © All rights Reserved. Developed by Agência Nove Dois